tecnologia.jpg

INVESTINDO

NOS LÍDERES DO FUTURO

FUNDO PRIMUS

Os Fundos da série Primus direcionam-se ao desenvolvimento de negócios brasileiros de base tecnológica inovadoras, a partir do investimento direto de recursos de instituições e corporações em startups/scaleups sediadas e/ou atuantes no ecossistema de inovação e empreendedorismo de Santa Catarina.

Os fundos são geridos pelo braço de Corporate Venture da Fundação CERTI, a Cventures. O resultado do Primus I é nitidamente expressivo: consolidação de investidores institucionais e corporativos em um instrumento de investimento único, com 15 negócios investidos, muitos deles em franca expansão e repercussão, dentro e fora do país.

O programa Primus amplia a iniciativa e busca solidificar a relação de investimentos entre as startups/scaleups de base tecnológica e grandes corporações/instituições com interesse em se gerar valor através do empreendedorismo.

A iniciativa segue sob gestão da Cventures, mas expande-se agora para envolvimento direto dos diferentes Centros de Referência e Mecanismos de Inovação capitaneados pela Fundação CERTI (Sinapse da Inovação, Centelha, InovAtiva, Darwin Startups, Hards, LabFaber, Sapiens Parque).

Trata-se uma articulação extremamente valiosa para novos negócios, capilarizada para atender corporações em diversos níveis. O programa conta com atuação estratégica da Catarina Capital, time de empreendedores financeiros com vasta experiência em Venture Capital e track-record nas atividades de gestão do Fundo Primus I.

O programa é composto por uma série consecutiva de Fundos de Investimento, com próxima captação em curso para o veículo Primus II, um FIP (Fundo de Investimento em Participações) com diretrizes enquadradas frente à Lei da Informática. Seu foco é direcionar investimentos a empresas protagonistas de novas aplicações tecnológicas e/ou desenvolvimento de modelos de negócios inovadores, que estejam abertas desde o princípio a explorar sinergias com grandes corporações, visando aumentar potencial e reduzir risco ao longo de sua jornada de crescimento.

Trata-se de uma nova forma para otimização dos recursos de P&D de grandes corporações, já validada ao longo dos últimos anos pelos bons resultados do Fundo Primus I, agora disposta ao mercado de maneira contínua e totalmente alinhada à regulação de recursos para inovação no Brasil.

 

INVESTIMENTOS CORPORATIVOS PARA STARTUPS E SCALEUPS DE BASE TECNOLÓGICA

VENTURE CAPITAL

Venture Capital (VC), ou capital de risco, é uma modalidade de investimento focada em empresas de pequeno e médio porte que possuem alto potencial de crescimento, muitas destas empresas ainda estão em estágio de validação/escala de produto ou mercado e apresentam um faturamento ainda pequeno.

O objetivo desse tipo de investimento não é apenas injetar capital na empresa para ajudá-la a crescer, mas também influenciar diretamente no andamento e na gestão do negócio. Isso contribui na criação de valor para a futura venda de participação acionária na empresa, com uma expectativa de rentabilidade futura do capital investido.

Hoje, esse tipo de aporte é mais comum em Startups com modelo de negócio escalável.  As rodadas de investimento ocorrem conforme a maturidade da empresa em valor crescente, denominadas Investimento:  Seed, Series A, Series B, Series C, e assim por diante.

A modalidade se diferencia de investidores anjo, que investem no estágio inicial, e de investimentos de Private Equity (PE), que buscam empresas maiores e com maior faturamento.

Metodologia robusta para gestão em Venture Capital:

BENEFÍCIOS PARA

INVESTIDORES CORPORATIVOS

ALTO
RETORNO
Participação societária em negócios disruptivos, com alinhamento estratégico e alto potencial de retorno financeiro
EXPANSÃO EXECUTIVA
Abertura de maior volume de frentes de trabalho junto a startups/scaleups, preservando planejamento estratégico
SINERGIAS COMERCIAIS
Abertura da possibilidade de ações de
up-selling, cross-selling e
revenue sharing de produtos e serviços
ACESSO À INOVAÇÃO
Mapeamentos constante de novas tendências tecnológicas, empresas de referência e aceitação pelo mercado 
CULTURA EMPREENDEDORA
Exposição às práticas de gestão de Startups/Scaleups, fomentando maior dinamismo à Corporação
LEI DA
INFORMÁTICA
Possibilidade de aplicação de recursos em FIP, com maior facilidade na prestação de contas, sem alterar CAPEX/OPEX
 

SAIBA MAIS SOBRE

A LEI DA INFORMÁTICA

RESULTADOS PRIMUS I

O Fundo Cventures Primus começou as atividades operacionais em março de 2013. Desde então o fundo prospetou mais de 1.871 startups inovadoras em seu período de investimento, finalizando com investimentos um portfólio de 15 empresa. Os investimentos foram entre R$ 1 a 8 milhões com ticket médio de R$ 5 milhões por empresa.

Em 2019 as empresas atingiram de forma consolidada mais de R$ 140 milhões de receita, contando com mais de 1.000 colaboradores. Atualmente o fundo está em seu período de desinvestimento, nesta etapa o fundo da realizou 4 desinvestimentos com sucesso, com destaques para a venda de 100% da Hiper para a Linx e a venda de 100% da Zygo para a PagSeguro.

Ainda estamos com 11 empresas no portfólio, dando suporte e auxiliando nas principais estratégias de crescimento ou desinvestimento para estas empresas.

Conheça mais o nosso portfólio:

PORTFÓLIO

ECOSSISTEMA CERTI

Criada em 1984,  com sede em Florianópolis e filiais em Manaus e em Brasília, a CERTI atua no desenvolvimento de projetos de inovação tecnológica, pelos quais se tornou referência em âmbito nacional e internacional por seus projetos e serviços em áreas como indústria 4.0, transformação digital, gestão da qualidade e integridade, energia sustentável e mobilidade elétrica, bioeconomia, inovação corporativa e empreendedorismo inovador.

 

Além disso,  a CERTI atua constantemente no fomento e crescimento regional e nacional, a fim de promover a inserção de organizações inovadoras no mercado. Criou a primeira incubadora de empresas no Brasil em 1986, resultando atualmente em uma das maiores e mais bem sucedidas da América Latina (Incubadora CELTA) e viabilizou o primeiro Parque Tecnológico Brasileiro, o Parque Tecnológico Alpha, que serviu de inspiração para a Certi desenvolver o projeto e apoiar a estruturação do Sapiens Parque - um dos principais ambientes de Inovação do Brasil.

Outras importantes iniciativas e projetos concebidos pela CERTI são o Sinapse da inovação (apoio a empreendedores a transformarem sua ideia em produto), o Darwin Starter e a Hards – aceleradoras, a CVentures (Venture Capital), e ainda o Inovativa Brasil, que apoia a gestão de empresas através de uma rede de mentores para o fortalecimento das mesmas no Ecossistema e no mercado.

340 funcionários

Mais de 200 técnicos de P&D

3 instalações (SC / DF / AM)

 

SETORES-ALVO

unnamed (4).jpg
 

FUNDO PRIMUS II

Texto que destaca às perspectivas de setores-produtivos, foco no ecossistema local mas com abrangência nacional.

INFOGRÁFICO DOS SETORES-ALVO (PIZZA).

FICHA TÉCNICA

 

EQUIPE

Erich Muschellack

Superintendente Geral

Laercio Silva

Superintendente de Negócios

Eduardo Rezende

Business

Development

Tony Chierighini

Diretor 

Executivo

Diretor de Investimento

Adonay Freiras

VENTURE SQUAD

 

ENTRE EM CONTATO

Para qualquer solicitação, preencha os campos no formulário abaixo:

CEO

Raul Daitx

Renata Buss

Farid Londono

Thiago Lobão

José Albino

GESTORA
cventures%203%20outro-02_edited.jpg
CONSULTORIA
ESPECIALIZADA
Catarina Captal logo vetorizada.png
endereço

SC-401, KM 01, nº 600, Sala T11
Parqtec Alfa , CELTA – João Paulo, Florianópolis - SC, 88030-901

www.catarinacapital.com