tecnologia.jpg

INVESTINDO

NOS LÍDERES DO FUTURO

FUNDO PRIMUS

Os Fundos da série Primus direcionam-se ao desenvolvimento de negócios brasileiros de base tecnológica inovadoras, a partir do investimento direto de recursos de instituições e corporações em startups/scaleups sediadas e/ou atuantes no ecossistema de inovação e empreendedorismo de Santa Catarina.

Os fundos são geridos pelo braço de Corporate Venture da Fundação CERTI, a Cventures. O resultado do Primus I é nitidamente expressivo: consolidação de investidores institucionais e corporativos em um instrumento de investimento único, com 15 negócios investidos, muitos deles em franca expansão e repercussão, dentro e fora do país.

O programa Primus amplia a iniciativa e busca solidificar a relação de investimentos entre as startups/scaleups de base tecnológica e grandes corporações/instituições com interesse em se gerar valor através do empreendedorismo.

A iniciativa segue sob gestão da Cventures, mas expande-se agora para envolvimento direto dos diferentes Centros de Referência e Mecanismos de Inovação capitaneados pela Fundação CERTI (Sinapse da Inovação, Centelha, InovAtiva, Darwin Startups, Hards, LabFaber, Sapiens Parque).

Trata-se uma articulação extremamente valiosa para novos negócios, capilarizada para atender corporações em diversos níveis. O programa conta com atuação estratégica da Catarina Capital, time de empreendedores financeiros com vasta experiência em Venture Capital e track-record nas atividades de gestão do Fundo Primus I.

O programa é composto por uma série consecutiva de Fundos de Investimento, com próxima captação em curso para o veículo Primus II, um FIP (Fundo de Investimento em Participações) com diretrizes enquadradas frente à Lei da Informática. Seu foco é direcionar investimentos a empresas protagonistas de novas aplicações tecnológicas e/ou desenvolvimento de modelos de negócios inovadores, que estejam abertas desde o princípio a explorar sinergias com grandes corporações, visando aumentar potencial e reduzir risco ao longo de sua jornada de crescimento.

Trata-se de uma nova forma para otimização dos recursos de P&D de grandes corporações, já validada ao longo dos últimos anos pelos bons resultados do Fundo Primus I, agora disposta ao mercado de maneira contínua e totalmente alinhada à regulação de recursos para inovação no Brasil.

 

INVESTIMENTOS CORPORATIVOS PARA STARTUPS E SCALEUPS DE BASE TECNOLÓGICA

VENTURE CAPITAL

Venture Capital (VC), ou capital de risco, é uma modalidade de investimento focada em empresas de pequeno e médio porte que possuem alto potencial de crescimento, muitas destas empresas ainda estão em estágio de validação/escala de produto ou mercado e apresentam um faturamento ainda pequeno.

O objetivo desse tipo de investimento não é apenas injetar capital na empresa para ajudá-la a crescer, mas também influenciar diretamente no andamento e na gestão do negócio. Isso contribui na criação de valor para a futura venda de participação acionária na empresa, com uma expectativa de rentabilidade futura do capital investido.

Hoje, esse tipo de aporte é mais comum em Startups com modelo de negócio escalável.  As rodadas de investimento ocorrem conforme a maturidade da empresa em valor crescente, denominadas Investimento:  Seed, Series A, Series B, Series C, e assim por diante.

A modalidade se diferencia de investidores anjo, que investem no estágio inicial, e de investimentos de Private Equity (PE), que buscam empresas maiores e com maior faturamento.

Metodologia robusta para gestão em Venture Capital:

BENEFÍCIOS PARA

INVESTIDORES CORPORATIVOS

ALTO
RETORNO
Participação societária em negócios disruptivos, com alinhamento estratégico e alto potencial de retorno financeiro
EXPANSÃO EXECUTIVA
Abertura de maior volume de frentes de trabalho junto a startups/scaleups, preservando planejamento estratégico
SINERGIAS COMERCIAIS
Abertura da possibilidade de ações de
up-selling, cross-selling e
revenue sharing de produtos e serviços
ACESSO À INOVAÇÃO
Mapeamentos constante de novas tendências tecnológicas, empresas de referência e aceitação pelo mercado 
CULTURA EMPREENDEDORA
Exposição às práticas de gestão de Startups/Scaleups, fomentando maior dinamismo à Corporação
LEI DA
INFORMÁTICA
Possibilidade de aplicação de recursos em FIP, com maior facilidade na prestação de contas, sem alterar CAPEX/OPEX
 

SAIBA MAIS SOBRE

A LEI DA INFORMÁTICA

RESULTADOS PRIMUS I

O Fundo Cventures Primus começou as atividades operacionais em março de 2013. Desde então o fundo prospetou mais de 1.871 startups inovadoras em seu período de investimento, finalizando com investimentos um portfólio de 15 empresa. Os investimentos foram entre R$ 1 a 8 milhões com ticket médio de R$ 5 milhões por empresa.

Em 2019 as empresas atingiram de forma consolidada mais de R$ 140 milhões de receita, contando com mais de 1.000 colaboradores. Atualmente o fundo está em seu período de desinvestimento, nesta etapa o fundo da realizou 5 desinvestimentos com sucesso, com destaques para a venda de 100% da Hiper para a Linx e a venda de 100% da Zygo para a PagSeguro.

Ainda estamos com 10 empresas no portfólio, dando suporte e auxiliando nas principais estratégias de crescimento ou desinvestimento para estas empresas.

Conheça mais o nosso portfólio:

PORTFÓLIO

ECOSSISTEMA CERTI

Logo-Horizontal-certi-png.png

Criada em 1984,  com sede em Florianópolis e filiais em Manaus e em Brasília, a CERTI atua no desenvolvimento de projetos de inovação tecnológica, pelos quais se tornou referência em âmbito nacional e internacional por seus projetos e serviços em áreas como indústria 4.0, transformação digital, gestão da qualidade e integridade, energia sustentável e mobilidade elétrica, bioeconomia, inovação corporativa e empreendedorismo inovador.

 

Além disso,  a CERTI atua constantemente no fomento e crescimento regional e nacional, a fim de promover a inserção de organizações inovadoras no mercado. Criou a primeira incubadora de empresas no Brasil em 1986, resultando atualmente em uma das maiores e mais bem sucedidas da América Latina (Incubadora CELTA) e viabilizou o primeiro Parque Tecnológico Brasileiro, o Parque Tecnológico Alpha, que serviu de inspiração para a Certi desenvolver o projeto e apoiar a estruturação do Sapiens Parque - um dos principais ambientes de Inovação do Brasil.

Outras importantes iniciativas e projetos concebidos pela CERTI são o Sinapse da inovação (apoio a empreendedores a transformarem sua ideia em produto), o Darwin Starter e a Hards – aceleradoras, a CVentures (Venture Capital), e ainda o Inovativa Brasil, que apoia a gestão de empresas através de uma rede de mentores para o fortalecimento das mesmas no Ecossistema e no mercado.

340 funcionários

Mais de 200 técnicos de P&D

3 instalações (SC / DF / AM)

 

SETORES-ALVO

unnamed (4).jpg
 

FUNDO PRIMUS II

Texto que destaca às perspectivas de setores-produtivos, foco no ecossistema local mas com abrangência nacional.

INFOGRÁFICO DOS SETORES-ALVO (PIZZA).

FICHA TÉCNICA

 

EQUIPE

Logo-Horizontal-certi-png.png
cventures%203%20outro-02_edited.jpg
erich_edited.jpg

Erich Muschellack

Superintendente Geral

laercio_edited.jpg

Laercio Silva

Superintendente de Negócios

eduardo_edited_edited.jpg

Eduardo Rezende

Business

Development

tony_edited.jpg

Tony Chierighini

Diretor 

Executivo

Diretor de Investimento

Adonay Freiras

Foto%20Adonay%202_edited.jpg

VENTURE SQUAD

 

ENTRE EM CONTATO

Para qualquer solicitação, preencha os campos no formulário abaixo:

CEO

Jose Augusto Albino.png
raul%202_edited.jpg

Raul Daitx

renata%20png%20preto_edited.jpg

Renata Buss

farid 2.jpg

Farid Londono

Thiago Lobão

Foto%20lob%C3%A3o%20(1)_edited.jpg

José Albino